7 Alimentos a não perder neste Outono

0
1058

O mágico verão que nos motiva todos os anos para atingirmos o Corpo de Sonho chegou ao fim. Mas não é isso que irá retirar a motivação.

Dá entrada o Outono e nós iremos ajudar a tomar as melhores opções nesta época do ano.

Os dias tornam-se mais curtos e é natural que a motivação para treinar decresça e o cuidado com a alimentação recaia. Esta época é também mais propícia a alergias e estados de humor indesejados. O nosso organismo começa gradualmente a pedir que lhe forneçamos mais calorias, o que pode não resultar da melhor forma se não fizermos as escolhas corretas.

Desta forma, decidimos ajudar-vos a combater esta fase do ano com alimentos da época por forma a mantermos uma alimentação saudável, atrairmos as boas energias e continuarmos no caminho para o Corpo de Sonho.

Uma alimentação rica nutricionalmente ajuda o nosso organismo a manter as defesas ideais. Assim, a conjugação dos citrinos, com verduras, frutos secos e consumir bastante água, contribuindo para que esta fase do ano seja mais uma etapa de sucesso.

Abóbora

Contém vitamina A, fitoesteróis, ácidos gordos, ómega 3, magnésio e ferro. É um antioxidante e tem um fator importante para a saúde da pele e visão.

Castanhas

Fonte de potássio, hidratos de carbono complexos, vitaminas A, C, E e ácido fólico.  É um alimento bastante energético e fortalece o Sistema Imunitário.

Leguminosas

Faz parte deste grupo de alimentos o feijão, o grão, as ervilhas e a soja.  É rico em amido, hidratos de carbono complexos, proteínas, fibras solúveis, fitoesteróis vegetais, entre outros.

Fornecem energia de alta duração, proteína e fibra. Combatem a obstipação (prisão de ventre), criação de diabetes e ainda inibem a absorção de colesterol. A sua percentagem proteica é equivalente à carne.

Cítricos

São alimentos ricos em vitamina C, antioxidantes, ácido fólico e fibras. Têm um papel preventivo e ajudam no tratamento de gripes e constipações. Além disso, ainda fortalecem o sistema imunitário.

Uvas

São hidratos de carbono simples, glucose, frutose, sacarose, vitamina B e ácido fólico. É um alimento antioxidante. São também uma excelente fonte de energia, reconstituinte do organismo, depurativos da pele e do organismo em geral.

Nozes

Contém vitamina E, ácidos gordos insaturados, ácido oleico e linoleico, cálcio e ferro. São ótimas para a pele, unhas e cabelo.

Romãs

Ricas em vitamina C, carotenos e taninos. Regulam o aparelho digestivo, são baixas em calorias, têm um efeito depurativo e previnem a obstipação.

Curiosidade

A fase da colheita de um dado alimento, é o período em que o alimento é mais produzido e quando é mais rico nutricionalmente. Com o desenvolvimento de novas tecnologias, hoje é possível encontrar alimentos fora de época ou estação do ano, no entanto contêm níveis nutricionais inferiores e apresentam preços mais elevados.

Sendo que estamos no Inicio do Outono e que esta época do ano nos remete para o conhecido Magusto, decidimos dar-vos a conhecer o contributo da castanha a nível nutricional.

É parente próxima dos chamados frutos secos como a noz, avelã, amêndoa e outros. No entanto, é muito menos calórica, possui mais hidratos de carbono e quase metade do seu peso é em teor de água. Os hidratos de carbono que possui são complexos, ou seja, de digestão lenta, que mantêm estáveis os níveis glicémicos (de açúcar no sangue). Têm muito menos gordura do que outros frutos secos, sendo a sua matéria gorda semelhante à dos cereais.

A castanha é uma boa fonte de energia, graças ao teor de hidratos de carbono, e pode ser consumida assada, um petisco próprio de outono, cozida, sozinha ou como acompanhamento de pratos de carne, peixe e vegetais, em sopas, molhos e em puré. Também faz saborosas sobremesas, sejam mousses, bolos ou biscoitos.

Deixar uma resposta