Promofit Games VII – Dia 1

0
2047

Iniciou-se hoje aquela que é considerada a maior prova de cross training a nível nacional. Decorreu durante todo o dia, no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos.

Esta prova está dividida nas seguintes categorias: individual masculino e feminino, masters masculinos e equipas mistas. Tivemos oportunidade de ver WOD’s bastante competitivos, que testaram o fitness dos atletas.

A equipa Corpo de Sonho esteve presente e fez-se representar na arena por alguns atletas que pertencem à nossa equipa: André Martins e Luis Teixeira (Individual Masculino), João Rocha, Joana Pereira e “Bé” Monteiro (Equipas mistas).

Os WOD’s do dia de hoje foram os seguintes:

WOD 1 (Individuais)

  • 1000m remo;
  • 30 Overhead squat (50kg para os homens/35kg para as mulheres).

Neste WOD 1 os atletas mais rápidos foram:

Individual Masculino:

  • Diogo Serra (4min42s);
  • João Alves (4min45s);
  • Tiago Gandum (4min48s).

Individual feminino:

  • Diana Santos (5min39s);
  • Elsa Gonçalves (5min48s);
  • Susana Henriques (5min53s).

Masters Masculino

  • Pedro Rodrigues (5min24s);
  • Ivo Cardoso (5min30s);
  • Vitor Martins e Juliano Marcelino (5min32s)

WOD 1 (Equipas – Ordem de execução: masculino 1 – masculino 2 – feminino 1 – feminino 2)

  • 1 volta de corrida;
  • 20 Fat bar deadlifts x (60kg homens/40kg Mulheres);
  • 15 Hang Power clean (60kg homens/40kg Mulheres);
  • 10 Shoulder to Overhead (60kg homens/40kg Mulheres).

O grande destaque neste primeiro WOD de equipas foi para a N14 Crossfit (12min57s), Crossfit OPO Black (13min03s) e OneSoul Crossfit (13min26s).

O segundo WOD foi igual para todas as categorias:

WOD 2:

  • Estabelecer uma repetição máxima de Clean and Press.

Aqui os melhores resultados foram:

Individual Masculino:

  • João Alves (87,5kg);
  • João Garcia (85kg);
  • Tiago Gandum (82,5kg);

Individual Feminino:

  • Sara Geraldes e Susana Henriques (57,5kg);
  • Sara Costas e Emília Duarte (52,5kg).

Masters Masculino:

  • João Correia (95kg);
  • Vitor Martins (85kg);
  • Ivo Cardoso (82,5kg).

Equipas (O score era a soma de todas as repetições máximas):

  • OneSoul Crossfit (240kg);
  • AMRAP Mondego e Crossfit Matosinhos (237,5kg);
  • Black Silver Coast (235kg).

Após o almoço e respetivo restabelecimento de energias, os atletas regressaram à arena para novas batalhas.

O terceiro WOD, último para as categorias individuais no dia de hoje foi uma inversão do WOD 1 entre equipas e individuais.

WOD 3 (Individuais – Menor tempo possível)

  • 100 Double unders;
  • 50 Pistols;
  • 1 volta de corrida;
  • 30 Fat bar deadlifts (60kg/40kg);
  • 20 Hang power clean (60kg/40kg);
  • 10 Shoulder to Overhead (60kg/40kg);
  • 100 Double unders.

Os atletas que “reinaram” na classificação deste WOD foram:

Individual masculino:

  • Pedro Santos (6min23s);
  • Diogo Serra (6min26s);
  • Richard Graça (6min54s).

Individual Feminino:

  • Diana Santos (8min02s);
  • Carina Simões (8min03s);
  • Telma Martins (8min05s).

Masters Masculino

  • Juliano Marcelino (7min56s);
  • Vitor Martins (8min16s);
  • Ivo Cardoso (8min40s).

WOD 3 (Equipas – menor tempo possível – Ordem de execução feminino 1 – feminino 2 – masculino 1 – masculino 2)

  • 600m remo;
  • 15 Overhead squat (50kg/35kg).

Equipas em destaque no WOD 3:

  • Crossfit OPO Black (20min);
  • Hut Mutts (20min02s);
  • Crossfit OPO White (20min06s).

O WOD 4 realizou-se hoje apenas para as equipas e foi sem dúvida um grande espetáculo de teste de sincronização das equipas.

WOD 4 (menor tempo possível – ordem de execução – primeiro par masculino, só depois par feminino):

Par masculino:

  • 70 Thrusters (45kg);
  • 30 Chest to Bar pull up sincronizadas;
  • 30 Thrusters (45kg);
  • 10 Strict pull up sincronizadas;

Par feminino:

  • 70 Thrusters (30kg);
  • 30 Pull up sincronizadas;
  • 30 Thrusters (30kg);
  • 7 Strict pull up sincronizadas.

As equipas que melhor performance mostraram neste WOD foram:

  • Crossfit OPO Black (Faltaram apenas terminar as 7 strict pull up do par feminino);
  • Mean Machine (Faltaram terminar 17 thrusters e 7 strict pull up do par feminino);
  • AMRAP Mondego (Faltaram terminar 22 thrusters e 7 strict pull up do par feminino);

Foi um primeiro dia frenético, com WOD’s que cativaram o público e que exigiram o melhor dos atletas. Como puderam ver, existem atletas que mostraram já no dia de hoje uma grande consistência.

O dia de amanhã promete ser repleto de emoções, sendo que serão de esperar surpresas visto que alguns atletas e algumas equipas que nos dois primeiros WOD’s do dia não tinha tido resultados satisfatórios, nos últimos WOD’s conseguiram uma subida significativa na tabela classificativa.

Que o espetáculo continue e boa sorte para o segundo dia a todos os competidores!

Tabelas classificativas:

Individual Masculino:

Men_day 1

Individual Feminino:

Women_day 1

Masters Masculino:

Masters_day 1

Equipas:

Teams_ day 1

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.